Imprimir

Escovar os dentes no Jardim de Infância e na Es...

Escovar os dentes no Jardim de Infância e na Escola é um benefício para a saúde das crianças!

 


 A escovagkit_W100.jpgem dos dentes nos Jardins de Infância e nas Escolas levanta, por vezes, alguma polémica. Os  

 dados mostram que é um ato seguro e muito recomendável. Saiba quais são as medidas mais adequadas a

 serem seguidas.


 Escovar os dentes com um dentífrico fluoretado é considerado, hoje em dia, um dos meios mais eficazes na

 prevenção da cárie dentária. Se este método for efetuado nos Jardins de Infância e nas Escolas, estamos a 

 contribuir para alterar os hábitos de milhares de crianças portuguesas e fazer com que tenham dentes saudáveis a vida inteira. No entanto, levantam-se, por vezes, dúvidas sobre a segurança da escovagem dos dentes nos estabelecimentos de ensino. Será que escovar os dentes pode ser perigoso para a saúde?

A resposta é: não, não é perigoso e nunca houve nenhum documento institucional  que desaconselhasse a escovagem dos dentes nos jardins de infância ou nas escolas, desde que existam condições para tal, facto que acontece na sua grande maioria.

Vejamos alguns factos:
Até este momento, não são conhecidos dados científicos ou indicações oficiais que sinalizem alguma espécie de prejuízo para a saúde ligado à escovagem dos dentes com um dentífrico fluoretado.


Cuidar bem das escovas de dentes, é o mais importante!
Principalmente nos Jardins de Infância e nas Escolas do 1º Ciclo, o cuidado com as escovas dos dentes deve ser rigoroso. A escovagem dos dentes em instituições de educação deve ser feita sob supervisão de professores ou monitores, educadores, auxiliares de educação ou de outros elementos, nomeadamente de pais voluntários. Desta forma, evitar-se-á a troca de escovas e será mais fácil implementar técnicas de escovagem mais corretas e eficazes.


As regras básicas para um uso seguro de uma escova de dentes na escola são:

  • Nunca partilhar a escova de dentes. A escova de dentes é pessoal e intransmissível;
  • Depois da escovagem é importante, passar bem a escova de dentes por água corrente e retirar os restos de dentífrico. As escovas devem ser guardadas com os pêlos virados para cima num lugar arejado e abrigado do pó. Se for preciso guardar muitas escovas no mesmo suporte, estas não devem tocar umas nas outras. Uma placa de esferovite é um exemplo de um tipo de material que pode ser utilizado para armazenar as escovas, que devem estar cuidadosamente e devidamente identificadas.
  • As escovas devem ser substituídas, em média, todos os 3 meses.

A adoção de regras muito simples, criteriosamente aplicadas, permite aconselhar a escovagem dos dentes nos Jardins-Infantis e escolas de Portugal sem riscos para os seus beneficiários. Os conselhos básicos para um programa de escovagem diária num Jardim de Infância ou na Escola ou com um dentífrico fluoretado, são:

  • Contactar o Centro de Saúde da área geográfica do Estabelecimento de ensino e, se necessário, pedir apoio para a implementação da atividade. A própria escola, através da biblioteca escolar do agrupamento, poderá, ao abrigo do projeto SOBE no site www.sobe.pt (este onde está!) criar um projeto de escovagem diária e pedir o material para o efeito, seguindo as regras que estão definidas no site (Bolsa de Projetos);
  • Garantir que cada criança tem uma escova identificada com o seu nome
  • Assegurar que quantidade de pasta fluoretada usada na escovagem não será mais do que o tamanho da unha do dedo mindinho da criança ou, partir dos 6 anos, ter cerca de 1cm
  • Se for usado um tubo de dentífrico comum a todas as crianças, deve ser prevenida a contaminação do dentífrico.
  • A forma como a criança lava a escova de dentes depois de a usar é importante. Ensine-a a lavar bem a escova, de forma a remover eficazmente os restos de dentífrico. Nas crianças mais novas, esta tarefa deve ser supervisionada
  • Depois da escovagem dos dentes, as crianças podem remover a pasta bochechando com água ou podem apenas cuspir (bem) o excesso de dentífrico para um copo descartável

Escovar os dentes é um ato fundamental para o controlo da cárie dentária e das doenças gengivais. Nas escolas, para além de se aprender a ler, a contar e muitas outras coisas...também se aprende a ter saúde.


Equipa de Saúde Oral
da Direção Geral da Saúde


  • Categorias